Header Ads

Breaking News
recent

Como o marketing matou Deus Salve o Rei

Poucas novelas conseguem criar o murmuro antes da estreia que Deus Salve o Rei conseguiu, dias, semanas, meses antes da estreia somos bombardeados com chamadas em praticamente todos os intervalos da Rede Globo, e já contando com essa premissa interessantíssima estava eu desde o começo criando a famigerada expectativa, e foi justamente esta divulgação excessiva que fez com que, um dia antes da estreia, mal aguentasse mais ouvir o nome da produção.


Tudo começa em outubro, quando a novela começa a criar forma e os primeiros ensaios fotográficos são publicados, a matéria do Luide no Amigos do Fórum sobre a Globo estar fazendo o Game of Thrones brasileiro é viralizada e os entusiastas (nerds) de cultura pop nacional já estão vendidos.

Em novembro, percebendo o Hype que se formava na internet a Globo decide transformá-la no carro chefe das produções 2018, o público online já estava ganho, não é para menos, com três dos maiores perfis do instagram/twitter brasileiro escalados (Marina Ruy Barbosa, Bruna Marquezine e Tatá Werneck), agora a tarefa é enfiar a produção goela abaixo de seu público médio: feito com eficácia na excessiva colocação de spots a cada intervalo comercial.

A escolha de Aurora para a música tema original já havia sido bem curiosa, a estrela indie não é o que se espera para uma produção nacional tão massiva - outra decisão que se mostrou acertada para a diversificação do público -, potencializada ainda mais quando a cantora dinamarquesa, financiada pela rede televisiva, veio gravar seu clipe nos cenários da novela, e foi em dezembro quando o elogiado primeiro capítulo acabou sendo exibido na comic con experience, junto com o interessante vídeo dos bastidores em que é mostrada toda a criação do mundo em CGI. Vivi neste mês também um momento emblemático: estava eu no twitter lendo comentários sobre Deus Salve o Rei quando reparo, ao levantar da cabeça, o assunto coincidindo entre as amigas de minha vó.


E aqui estamos nós na primeira semana de 2018, onde de repente aonde se olha é notícia da Marquezine (e isso não é rotineiro na minha bolha), com direito a matéria no Fantástico sobre sua amizade - claramente falsa - com Ruy Barbosa, e com os boatos a mil lembramos que a novela sequer começou.

Leia também: os impressionantes efeitos especiais de uma "novela das 6" 

Nenhum comentário:

@ArturAlee #GeekDeVerdade. Tecnologia do Blogger.