Header Ads

Breaking News
recent

A história da Terra-Média em ordem cronológica

Com certeza o mais rico e detalhado mundo fantástico é a Terra-média, muito além de Senhor dos Anéis ela é tão complexa que é recheada de livros contando as suas primeiras eras, não é à toa que Tolkien é tão valorizado, ele criou centenas de reinos, espécies e lugares, cada um deles extremamente bem elaborado, chegando até a criar alguns idiomas para a sua obra.

Tanta informação acaba sendo difícil de se absorver, e se você tem preguiça de ler os livros (vá ler!) ou leu e não entendeu nada vou contar toda a história da Terra-média bem resumida para você entender de vez a origem, o declínio e a ascensão de um mundo tão complexo.

Valar (esquerda) e Terra-média (direita)
Deve-se dizer que isto é um resumo, logo será dito muito pouco do que de fato foi escrito, creio que não registrei nem 5% dos acontecimentos (que é bem mais do que apenas o que é visto em Senhor dos Anéis e O Hobbit), só escrevi os grandes eventos que mudaram totalmente o curso da Terra-média.

"Havia Eru, o Único, que em Arda é chamado de Ilúvatar. Ele criou primeiro os Ainur, os sagrados, gerados por seu pensamento, e eles lhe faziam companhia antes que tudo o mais fosse criado. E eles lhes falou, propondo-lhes temas musicais; e eles cantaram em sua presença, e ele se alegrou. Entretanto, durante muito tempo, eles cantaram cada um sozinho ou apenas alguns juntos, enquanto os outros escutavam; pois cada um compreendia apenas aquela parte da mente de Ilúvatar da qual havia brotado e evoluía devagar na compreensão de seus irmãos. Não obstante, de tanto escutar, chegaram a uma compreensão mais profunda, tornando-se mais consonantes e harmoniosos" - Ainulindalë, O Silmarillion

No princípio havia Eru, o Único, que os elfos chamam de Ilúvatar, criou os Valar, criaturas de poder e beleza para serem sub-criadores na grande música que Eru os mostrou. E Melkor era o maior entre eles,  que desobediente começou a cantar a sua próprio música, Eru conteve sua discórdia por três vezes, e então o separou. A Música parou quando, de tão harmoniosa, Eru imaginou coisas e disse "contemplem sua música, que essas coisas sejam". E os Valar viram que Eru havia feito algo novo. Arda, o mundo que É, então os valar tornaram-se forma e cor em Arda, mas a Terra ainda era desforme e escura.

Então começou seu longo trabalho por Eras incontáveis e esquecidas. Mas Melkor, o separado, também trabalhou, e tudo que ele desejava era dominar Arda. Yavanna, uma Valar, cantou uma música de tão grande poder que duas árvores de luzes surgiram. Uma com flores de luzes prateadas e a outra com amarelos flamejantes, assim surgiu a luz em Valinor, a terra dos Valar, que fica além do mar, no Oeste da Terra-Média. mas a Terra-Média permanecia escura, iluminada apenas pelas estrelas.

Neste momento veio ao mundo os filhos primogênitos de Ilúvatar, que acordaram na Terra-média e são chamados de Elfos, imortais, e os Valar os levaram em uma grande jornada através de toda a Terra-média e Valinor, os elfos se instalaram em Valinor. Naquele tempo os Valar se uniram contra Melkor e o prenderam nos salões Mandos, do qual ninguém consegue fugir. Mas depois que sua pena foi completada sentiu remorso e desejava curar os danos que havia causado, então ele foi solto, mas ainda havia maldade em seu coração. 

Eru, Ilúvatar, dando origem aos Valar

Primeira Era da Terra-média, durou cerca de 600 anos

Depois de muitos de entre os Ainur percorrerem a Terra Média de oriente para ocidente, as três famílias dos Elfos reunem-se por fim em Valinor e aí vivem em paz por muito tempo. Feänor, o mais dotado dos artífices élficos, consegue captar a luz das Duas Árvores em três grandes pedras preciosas, os Silmarils. Quando Melkor termina o tempo do seu cativeiro é libertado e cedo cobiça a beleza das três joias. Não conseguindo semear a discórdia entre Elfos e Valar, Melkor envenena as Duas Árvores, rouba os Silmarils e foge novamente para a Terra Média.

Feänor abandona Valinor com uma grande força élfica, contrariando a proibição que os Valar lhes impunham, e persegue Melkor para recuperar as jóias. Morgoth, como lhe passaram a chamar, entrincheira-se em Thangorodrim e resiste aos ataques dos Elfos e dos Homens seus aliados. Estes combatem com valor mas sem grande sucesso até que, depois de recuperarem um Silmaril, um homem chamado Eärendil o leva a Valinor e lança aos Valar um lancinante pedido de ajuda. Estes comovem-se e regressam à Terra Média, onde derrotam definitivamente Morgoth. A Primeira Era termina com esta grande batalha e o regresso da maior parte dos Elfos a Valinor.

Segunda Era da Terra-média, durou 3441 anos.

Assim se deu início a Segunda Era da Terra-média, neste momento um grande presente foi dado aos homens leias, uma ilha no meio do mar entre Valinor e a Terra-média, Númenor (conferir mapa do início da postagem), além de uma vida mais longa do que as que são dadas aos outros homens. Tudo parecia ótimo, mas Melkor tinha um grande servo, seu nome era Sauron. E ele continuou com o propósito de seu mestre, se tornando o novo Senhor do Escuro. Sauron era um elfo e tinha uma bela forma, ele ensinou os outros elfos a fazer anéis de poder.

Esses anéis foram feitos e distribuídos para os grandes líderes dos grandes povos da Terra-média, mas em segredo ele fez um anel em que colocaria toda a sua maldade e malícia, este que seria um anel supremo que governaria e na escuridão aprisionaria todos os outros anéis e seus donos. Mas quando ele colocou seu anel os três grandes elfos portadores dos anéis perceberam o plano, tiraram seus anéis e os esconderam.

Mas um grande rei de Númenor foi a Terra-média, derrotou Sauron, o tomou como prisioneiro e com ele retornou a ilha de Númenor. Foi então que Sauron, aos poucos, começou a corromper os Reis de Númenor, e convenceu o rei a navegar até o Oeste e atacar Valinor para terem a imortalidade para si mesmos. Por causa dessa queda Númenor foi removida do mundo e se afundou nos oceanos, foi firmado como o coração dos homens é fraco.

Mas alguns homens númenorianos leais escaparam para a Terra-média antes que tudo estivesse perdido, e lá fundaram os dois grandes reinos dos homens, Arnor no norte e Gondor no Sul. Sauron também voltou a Terra-média, e foi na última aliança entre Elfos e homens que Isildur derrotou Sauron e pegou seu anel, intitulado como O Um Anel, derrotado Sauron perdeu sua forma física, exceto por um único olho flamejante. *O forúm Valinor registrou todos os acontecimentos da Segunda Era em ordem cronológica e seus respectivos anos, dê uma conferida só para entender a complexidade deste mundo e como eu estou sendo vago em meu resumo*

Última aliança entre homens e elfos
Terceira Era da Terra-média, durou 3021 anos (O Hobbit acontece em 2941-2942)

Quando a Terceira Era começou magos vieram para a Terra-média, de Valinor, para vigiar o retorno de Sauron, um deles era Gandalf, o cinzento, e Sauron, após 300 anos de paz vigiada, voltou e se instalou em Mordor, onde as sombras de deitam. Tempos depois Aragorn, o verdadeiro herdeiro do trono de Gondor e do reino dos homens nasceu e foi deixado em segurança com os elfos em Valfenda, tendo sido criado por Elrond.

Enquanto isso o Um Anel se tornou mito, de mito se tornou lenda, e coisas que nunca deveriam ser esquecidas se perderam porque não a ninguém que ainda se lembra delas, até que ele foi encontrado por Smeagol, que com o anel se aprisionou numa caverna e passou a ser conhecido por Gollum.

Logo depois Gandalf enviou Bilbo, um Hobbit, com treze anões para recuperar seu reino e seu tesouro na montanha solitária, e foi nessa aventura que o anel mestre passou a pertencer a mais improvável criatura, a Bilbo, que o guardou durante anos até que as chamas despertassem em Mordor e Sauron conseguisse corromper Saruman, que passou a o ajudar em seu plano de dominar os povos livres da Terra-média, e foi o sobrinho de Bilbo Frodo, e seu companheiro Sam que receberam a tarefa de ir até Mordor para destruir O Um Anel, concluíram sua missão. Aragorn se tornou rei dos homens e Sauron e Saruman morreram juntos com todo o mal que aflorava a Terra-média.

E foi no ano de 3021 da 3ª Era que Bilbo, junto a Frodo, cantou sua última canção e partiu nos portos cinzentos para além do mar, e a Quarta Era da Terra-média começou aí, simultâneo ao nascimento de bela, filha de Sam, destinada a grandes feitos, não se sabe o que aconteceu depois, se o mal renasceu ou os dias de paz foram eternos, tudo que se sabe é que naquele 25 de março de 3021 a Terra-média amanheceu em paz.

Portos cinzentos, a última viagem de Frodo e Bilbo

Nenhum comentário:

@ArturAlee #GeekDeVerdade. Tecnologia do Blogger.