Header Ads

Breaking News
recent

Clarice Falcão é problema dela!

Clarice Falcão é uma das minhas artistas brasileiras favoritas atualmente, adoro praticamente todos os seus trabalhos, há tempos acompanho sua carreira como atriz, Porta dos Fundos e Eu Não Tenho a Menor Ideia do que Eu To Fazendo Com a Minha Vida são incríveis, então sempre tive esse gostinho pelo seu rosto, mas não sabia de seu canal pessoal onde postava músicas independentes, até que em 2013 foi lançado seu primeiro álbum de estúdio, Monomania, e como vendeu... Mas eu ainda não tinha gosto por sua música, e foi 2 anos depois que minha namorada me recomendou, escutei e me apaixonei, as musicas são tão sinceras e com um humor quase psicótico, mas divertidíssimas, sem contar que musicalmente é ótimo, resgata e tem solos de instrumentos que eu mal conhecia.

Foi aí que eu devo ter escutado praticamente tudo que já foi cantado por esta mulher, até que no fim de 2015 fui impressionado pela regravação do feminista Survivor, com um clipe melhor ainda: Isso era o início de sua nova fase, fase esta que nos trouxe o maravilhoso álbum "Problema Meu".

O álbum começa ótimo com Irônico, por mais maldosa que seja a letra foi uma libertação para o eu lírico frágil que sofre por amor em Monomania "o que eu bebi por você dá pra encher um navio...", "deixa eu ser a empregada da empregada do seu tio..." ou "você fica inteiro e eu viro pó...", não é algo que a nova eu lírico diria, agora ela "gosta de você como quem gosta de um vídeo de YouTube de alguém cantando mal". Clarice começa em Problema Meu, e faz bem, a transitar entre vários gêneros, pop com Irônico, rock com Volta do Mecenas, música brega com Banho de Piscina. Um álbum super eclético.



Entre todas duas se destacaram para mim, Vagabunda e Clarice, adorei a primeira, tem aquele humor ácido que eu gosto e o jeito único de Clarice para falar sobre amor. A metalinguística "Clarice" impressiona ao fazer críticas sobre si mesma, provavelmente críticas que Clarice realmente escuta aos montes. Realmente, ela não faz o público pensar, mas não muda o fato de suas músicas serem incríveis, talvez se destaquem justamente pela sinceridade e simplicidade. Também tivemos Eu Sou Problema Meu, talvez a que eu mais tenha escutado, grudou na minha cabeça de tal modo que não paro de cantar.

Ainda temos músicas já conhecidas por seus fãs, Se Esse Bar Fechar foi ao seu canal em 2014 e parece estar sobrando nesse novo álbum, como se fosse para preencher mais faixas (podiam ter colocado Survivor então), mas Se Esse Bar resgata aquele clima mais inocente do primeiro álbum então não se torna uma faixa descartável e A Volta do Mecenas recebeu uma nova linguagem, não que essa seja de se jogar fora, mas a versão original da música é muito melhor, a impressão que fica é que não passou de um Remix mal feito. Escute a versão original:



A crítica adorou o álbum e o público mais ainda, é por seu jeito simples de falar sobre coisas simples (como em Marta, uma música que fala sobre uma mulher que passa o telefone de Clarice acidentalmente para seus contatos) que o álbum nos ganha. Clarice é promissora e espero muitos anos de sucesso, apesar de algumas músicas claramente terem sido feitas só para implementar o álbum não considerei nenhuma ruim. Meu coração já está esperando as próximas.

Problema Meu já pode ser escutado no Spotify e logo estará disponível em mídia física.

Nenhum comentário:

@ArturAlee #GeekDeVerdade. Tecnologia do Blogger.