Header Ads

Breaking News
recent

Como o egoísmo e o orgulho destruíram Water White

Escrito por: Artur Aleixo

Para entender o que levou um homem de família e professor do início da série ao homem que fuzila uma quadrilha inteira no final de Breaking Bad, é necessário ir a fundo nas reais motivações que levaram Walter White ao longo da série. Reflexão essa que pode levar a uma compreensão não só melhor do personagem, mas também servir como uma tentativa de entender melhor a nós mesmos e o quão fina pode ser essa linha tênue que nos mantém em nossas sanidades.  

Uma barreira que separa Walter de sua família, quando já era tarde para uma redenção.

“Eu fiz por mim, foi divertido“
A frase mais honesta que Walter White disse na série, confessando para Skyler a verdade por trás de todos os seus atos, isso horas antes de sua morte em “Felina“. Sua jornada se encerra naquele momento, em frente a mulher que amou Walter aceita que todas as mortes e desgraças que trouxe para todos ao seu redor foi por uma única coisa: ele mesmo. 

Walter viveu a vida como um acumulo de frustrações. É essa dose diária de desgraça que corrói nossas almas e vai nos implodindo. A frustração por não ter o emprego que você sonhou (e talvez mereça), por não viajar como seus amigos viajam, por não ter o carro que o vizinho tem, por se comparar com outras pessoas mais bem sucedidas com menos mérito que você, por não ser aquilo que quer ser, ou pior: não ser aquilo que você acredita que deveria ser.

Foi por pensar em si e não nos outros que Walter abriu mão de certos valores morais e rompeu qualquer limite. Mas Walter já estava infectado pelo arrependimento, o primeiro efeito colateral da frustração. É quando você esquece de quem está do seu lado e passa a viver diante de um espelho, olhando pra si mesmo o tempo todo, mas sem achar essa imagem agradável.


Arrependido e frustrado, Walter passa a idolatrar a si mesmo como um Deus. É assim que ele esquece dos princípios e passa a distorcê-los para ganho próprio. E é aí que ele passa a usar sua família como válvula de escape, ou seja, o dinheiro sujo que ele ganha a custa da destruição de vidas é validado pela necessidade de sua família.

O fato é que no final Walter White está corrompido, ele não se importa mais. Até o dinheiro não tem valor, se engana quem acha que tudo que ele fez foi por dinheiro.Walter queria provar a si mesmo e a todos que ele era o melhor em algo.

No episódio 10 da segunda temporada, Over, Walter embriaga seu filho e quando Hank tenta impedir temos a famosa cena “stay out of my territory“, como: "não vou permitir que me pisem em um novo território“. E assim ele deixa claro que o egoísmo e o orgulho já estão mais avançados que o câncer.

Breaking Bad é recheado de momentos espetaculares cheios de explosões e cenas de frases marcantes, mas com uma análise percebemos que é sobre o comportamento humano, até onde um ser humano consegue aguentar até ser destruído, e como a sociedade ajuda nisso.

Olhar e admirar um professor de química e sua singela aula é difícil, eu sei, mas é o que o impediria de se tornar o adormecido Heinsenberg que reside dentro de cada um de nós.

Nenhum comentário:

@ArturAlee #GeekDeVerdade. Tecnologia do Blogger.