Header Ads

Breaking News
recent

O valor de Rey e Finn para uma geração

Há 40 anos atrás não se poderia imaginar a influência de Star Wars para a cultura pop, influência esta que foi muito além de vender camisetas e action figures, a agora chamada de jornada do herói foi um conceito utilizado em Star Wars que inspirou muitos filmes, livros, séries ou quadrinhos. Star Wars mudou tudo quando se trata de cultura pop, por isso que é tão importante que ele caminhe junto com a sociedade.

Foi exatamente isto que foi feito por JJ Abrams em O Despertar da Força, se há 40 anos Leia não tinha nem uma outra personagem feminina para conversar, a situação mudou, agora Rey tem (e, ironicamente, é a Leia), estas quatro décadas fizeram a diferença na representação de uma mulher em tela, ainda bem, evoluímos e agora esta evolução está tomando forma.

Star Wars é muito maior e mais importante do que apenas um filme que fatura bilhões. Ao colocar uma mulher longe dos clichês que não seja masculinizada (como Sarah Connor) como protagonista e um personagem negro como um dos destaques sem ele precisar, necessariamente, ser negro, Star Wars pode, deve e provavelmente vai influenciar uma nova geração inteira de filmes, séries, etc. Assim como o primeiro filme fez.

Claro que falando agora talvez pareça exagero, mas inevitavelmente as coisas mudam, e mudam graças a acontecimentos como estes, pense em 2015 como um todo, reflita como o papel das mulheres nos filmes, principalmente nos blockbusters, tem mudado. Em Mad Max Furiosa acaba com qualquer um que imponha suas vontades acima das dela, Riley em Divertidamente não é uma princesa da Disney, Katniss coloca os problemas políticos acima de suas relações amorosas, Ex Machina (apesar de ser uma maquina) é tratada por suas questões existenciais e Rey sobrevive sozinha e independente desde sempre no planeta Jakku, e quando ela se recusa a segurar a mão de Finn é muito mais que uma simples cena imponente, é uma cena que mostra que ela de fato não precisa de ninguém.

Também temos Finn, um soldado que se vira contra o povo que o maltratou e o oprimiu desde sempre, tirando dele sua família pela guerra, você precisa enxergar além de um filme de aventura para entender que são as mesmas questões retratadas em Beasts of No Nation, só que de maneira sútil e muito mais "implícita", tem que refletir bastante para se entender o poder de Star Wars e como essas pequenas mudanças da cultura pop vão influenciar nas próximas gerações. Não é difícil de se pensar em como a arte muda o mundo, e é isto que está acontecendo.

Nenhum comentário:

@ArturAlee #GeekDeVerdade. Tecnologia do Blogger.