Header Ads

Breaking News
recent

Lost: O final polêmico

Um dos principais pontos de Lost é a constante batalha do bem contra o mal, do preto contra o branco, bem como foram as reações com o episódio final da série. Foram quatro anos de tantos comentários negativos que até Damon Lindelof, um dos criadores e roteiristas da série, desistiu de continuar conversando com os fãs e deletou sua conta no Twitter por motivo de reclamações. E agora, 6 anos depois do encerramento da série, que o Geek de verdade trás um artigo sobre o mesmo.

Para Bruno Carvalho, criador do site Ligado em Série, o fim de Lost foi bom. Ele explica que a série foi "corajosa em desafiar a lógica da TV aberta norte-americana, que prima até hoje por resoluções fáceis e mastigadas para o público". Ele explica ainda que "o final da série foi fiel e coerente com a sua proposta, pois desde o início o elemento 'metafísico' estava presente na série", e que a " falácia 'estão todos mortos' vem justamente de quem não quis pensar no que viu e esperava, como o norte-americano médio, uma resolução cuspida pelos roteiristas. 

Pelo contrário, Lost encerrou-se com um final poético e ousado para o padrão da mídia em que se encontrava." Bruno assume, claro, que houveram problemas ao longo do caminho "pois estamos falando de uma série para a TV aberta estadunidense que fora, inclusive, atingida pela greve dos roteiristas em uma fase crucial." No entanto, enfatiza que ela "é, sem dúvida, um dos grandes marcos televisivos deste século".

No caso de Deive "Azaghal" Pazos, editor do Jovem Nerd, o final da série deixou a desejar. "Por mais que eu tenha me emocionado com todo mundo, porque a gente cria uma ligação forte, foi um final muito deus ex machina", aponta. Deive explica que aquele foi um final "que ninguém queria", mas adiciona também que "é muito difícil alinhar a expectativa do público com o final de uma série". "Eu acho que desandou demais de uma série que falava só de fenômenos, que criou toda essa expectativa, foi toda voltada pro lado científica e, no final, nada era ciência, era espiritual".

Na minha opinião a série teve uma conclusão inesperada, mas lógica pelo o conteúdo da ultima temporada. Entendo que a história final não tenha atingido a expectativa da maioria das pessoas, pois a série carregava muitos momentos de tensão e suspense, o esperado seria algo impactante como o “sexto sentido”. Não houve o tal impacto, que pode ter causado em muitos uma sensação de falta de criatividade no roteiro, porém concordo com o Bruno, foi uma um ultimo capítulo  poético e libertador que emocionalmente se contrapôs a todos momentos de tensões vividos na série. Talvez isso tenha sido a principal ideia dos roteiristas e da direção da série, trazer uma inversão emocional em sua conclusão.



Um comentário:

  1. A melhor série que já assisti triste todos terem morrido

    ResponderExcluir

@ArturAlee #GeekDeVerdade. Tecnologia do Blogger.